NOTÍCIAS

Já está aberto o período oficial para a temporada 2022/2023 do WSL Big Wave

Já está aberto o período oficial para a temporada 2022/2023 do WSL Big Wave

  • Melhores surfistas de ondas grandes do mundo em espera até 31 de março de 2023
  • Brasil tem sete competidores convidados para Jaws e/ou Nazaré
  • WSL anuncia novo programa para medir recordes mundiais: WSL Big Wave Chase
  • Mais informações no WorldSurfLeague.com

Foto: O lineup de Nazaré, em Portugal Crédito: © WSL / Blanc

LOS ANGELES, Califórnia, EUA (Terça-feira, 15 de Novembro de 2022) – A temporada 2022/2023 do World Surf League (WSL) Big Wave abre oficialmente hoje, com o período de espera indo até o dia 31 de março de 2023. Estão programados dois eventos, o Quiksilver Jaws Big Wave Challenge apresentado por TUDOR em Pe´ahi, na ilha de Maui, no Havaí, e o TUDOR Nazaré Tow Surfing Challenge apresentado pela Hurley na Praia do Norte, em Nazaré, Portugal.

Com a janela de espera aberta oficialmente neste dia 15 de novembro, os melhores surfistas de ondas grandes do mundo, já ficam de prontidão para serem convocados a qualquer momento, para viajar para um dos dois eventos. Sete surfistas do Brasil estão entre os convidados para competir no WSL Big Wave 2022/2023, Lucas Chianca, Pedro Scooby, Rodrigo Koxa, Maya Gabeira, Michelle des Boulloins, Michaela Fregonese e Raquel Reckert.

A equipe de Circuitos e Competições da WSL, já está monitorando de perto os swells (ondulações) com as condições necessárias para rolar o Quiksilver Jaws Big Wave Challenge apresentado por TUDOR e o TUDOR Nazaré Tow Surfing Challenge apresentado pela Hurley. Eles poderão acontecer quando as ondas atingirem um mínimo de 25 pés de altura. Outras condições, como vento e maré, também são avaliadas na decisão para realizar as competições.

Se um grande swell seguir em direção da ilha de Maui, ou de Nazaré, com boas condições climáticas, a equipe de Circuitos e Competições da WSL anunciará um “TUDOR Big Wave Yellow Alert”, até 72 horas antes do dia potencial para rolar o evento. Se as condições das ondas e do tempo continuarem favoráveis, será emitido o “TUDOR Big Wave Green Alert”, confirmando sinal verde para a competição. Os fãs, então, poderão se preparar para ver os surfistas ultrapassarem os limites nas ondas gigantes nas próximas 24 horas.

Foto: O lineup durante o cbdMD Jaws Big Wave Championships 2019 em Maui. Crédito: © WSL / Saguibo

SOBRE OS PALCOS DO BIG WAVE 2022/2023

Nazaré e Pe´ahi, também conhecida por Jaws, são duas das ondas mais famosas e respeitadas na comunidade do Big Wave. Cada lugar é um campo de provas perfeito para as modalidades tow-in (auxílio do jet-ski) e paddle-in (surfe na remada), respectivamente, onde já foram registrados recordes mundiais para as maiores ondas já surfadas da história.

No Quiksilver Jaws Big Wave Challenge apresentado por TUDOR, os surfistas têm que usar a força dos braços nas remadas para entrar nas ondas do famoso pico de Pe´ahi, na ilha de Maui, no Havaí. Devido a sua potência e velocidade, Jaws é referência quando se trata de surfar ondas gigantes, sendo consideradas como uma das mais perfeitas do planeta para o Big Wave.

No TUDOR Nazaré Tow Surfing Challenge apresentado pela Hurley, os surfistas têm o auxílio do jet-ski para dropar as ondas gigantes da Praia do Norte. Esta competição é disputada por duplas, com os dois tendo que mostrar habilidade para surfar e para pilotar o jet-ski da equipe. Nazaré possui uma das maiores ondas do mundo e é onde foram escritos os atuais recordes no Big Wave World Records.

Poucos homens e mulheres com muita coragem, dedicam suas vidas na busca por grandes ondulações para surfar em condições extremas. Eles ficam o ano inteiro treinando fisicamente e mentalmente, para estarem preparados para esses eventos de ondas gigantes. Este é o momento deles, de mostrar ao mundo suas capacidades de elevar ainda mais o nível do surfe em ondas grandes.

Foto: A havaiana Keala Kennelly durante o Jaws Challenge 2018. Crédito: © WSL / Hallman

Formato do Quiksilver Jaws Big Wave Challenge apres. por TUDOR

O Quiksilver Jaws Big Wave Challenge apresentado por TUDOR é uma competição individual, com os surfistas pegando as ondas na remada, sem auxílio do jet-ski. Na categoria masculina, 24 competidores são divididos em quatro baterias de seis surfistas na primeira fase. Os três que conseguirem as maiores pontuações, avançam para as semifinais e os três melhores de cada bateria vão disputar o título na grande final. A categoria feminina já começa com as 12 participantes nas semifinais e as três melhores em cada bateria avançam para a final.

A novidade é que pela primeira vez será utilizado o sistema de prioridade em Jaws, para indicar a sequência de quem escolherá a próxima onda para surfar. O sistema de prioridade foi muito requisitado pelos surfistas e será bom em Jaws, porque ficará mais organizado e aumenta a segurança dentro d´água nas condições extremas do mar. As baterias são geralmente de 45 minutos e os surfistas podem pegar quantas ondas quiserem, respeitando a prioridade, com cinco juízes dando notas em uma escala de 1 a 10. As duas melhores ondas de cada competidor são computadas no resultado e a maior nota tem sua pontuação dobrada.

Convidados do Quiksilver Jaws Big Wave Challenge apres. por TUDOR:
1 – Billy Kemper (HAV)
2 – Ian Walsh (HAV)
3 – Nathan Florence (HAV)
4 – Kai Lenny (HAV)
5 – Makua Rothman (HAV)
6 – Lucas Chianca (BRA)
7 – Russell Bierke (AUS)
8 – Nic von Rupp (PRT)
9 – Eli Olson (HAV)
10 – Torrey Meister (HAV)
11 – Koa Rothman (HAV)
12 – Nic Lamb (EUA)
13 – Grant Baker (AFR)
14 – Jamie Mitchell (AUS)
15 – Albee Layer (HAV)
16 – Tyler Larronde (HAV)
17 – Jojo Roper (EUA)
18 – Ty Simpson-Kane (HAV)
19 – Matt Bromley (AFR)
20 – Francisco Porcella (ITA)
21 – Trevor Carlson (HAV)
22- Tom Lowe (ING)
23 – Aaron Gold (HAV)
24 – Greg Long (EUA)

Categoria Feminina:
1 – Paige Alms (HAV)
2 – Felicity Palmateer (AUS)
3 – Annie Reickert (HAV)
4 – Keala Kennelly (HAV)
5 – Emily Erickson (HAV)
6 – Michaela Fregonese (BRA)
7 – Bianca Valenti (EUA)
8 – Skylar Lickle (HAV)
9 – Justine Dupont (FRA)
10 – Raquel Heckert (BRA)
11 – Laura Enever (AUS)
12 – Izzy Gomez (COL)

Formato do TUDOR Nazaré Tow Surfing Challenge apres. pela Hurley:

Lucas Chianca durante o TUDOR Nazaré Tow Surfing Challenge 2022. Crédito: © WSL / Laurent

O TUDOR Nazaré Tow Surfing Challenge apresentado pela Hurley é uma competição disputada por nove duplas e será realizada em um único dia. As equipes são divididas em três grupos com três duplas em cada. O evento terá um total de seis baterias de 40 minutos, duas em cada um dos três grupos, com cada equipe se alternando entre surfar e pilotar o jet-ski.

Depois de disputar as duas baterias, cada competidor vai computar as duas melhores ondas surfadas, com a maior nota tendo sua pontuação dobrada. A pontuação máxima individual de um surfista será de 30 pontos, pois cada onda é pontuada de 1 a 10. Os surfistas serão premiados em várias categorias no final do dia da competição.

Convidados do TUDOR Nazaré Tow Surfing Challenge apres. pela Hurley:
Time 1: Lucas Chianca (BRA) e Kai Lenny (HAW)
Time 2: Nic Von Rupp (PRT) e Pedro Scooby (BRA)
Time 3: Andrew Cotton (ING) e Will Skudin (EUA)
Time 4: Rodrigo Koxa (BRA) e Kealii Mamala (HAV)
Time 5: João de Macedo (PRT) e Antônio Silva (PRT)
Time 6: Sebastian Steudtner (ALE) e Daniel Goldberg (EUA)
Time 7: Maya Gabeira (BRA) e Pierre Rollet (FRA)
Time 8: Michelle des Bouillons (BRA) e Ian Cosenza (PRT)
Time 9: Justine Dupont (FRA) e Éric Rebière (FRA)

Times Alternates:
Rafael Tapia (CHL) e Jamie Mitchell (AUS)
António Laureano (PRT) e Pierrot Caley (FRA)
Axier Muniain (ING) e Francisco Porcella (ITA)

WSL anuncia novo programa para medir recordes mundiais de ondas grandes: WSL Big Wave Record Chase

A WSL também anuncia hoje um novo programa para medir e celebrar os recordes mundiais em ondas gigantes, o Big Wave Record Chase. Através desta nova propriedade, a WSL mantém seu compromisso com o surfe de ondas grandes, por meio de uma estratégia renovada com foco em recordes mundiais para as categorias feminina e masculina, nas categorias “paddle-in” (surfe na remada) e “town-in” (auxílio do jet-ski). A WSL vai oferecer um prêmio total de meio milhão de dólares (US$ 500.000), para os atletas que registrarem novos recordes mundiais de Maior Onda Surfada por um homem e por uma mulher na remada e Maior Onda Surfada por um homem e por uma mulher ilimitadamente, com ou sem o auxílio do jet-ski.

Para mais informações, acesse o WorldSurfLeague.com.

Assista AO VIVO
O Quiksilver Jaws Big Wave Challenge apresentado por TUDOR e o TUDOR Nazaré Tow Surfing Challenge apresentado pela Hurley, têm um período de realização que começa em 15 de novembro de 2022 e vai até o dia 31 de março de 2023. As competições serão transmitidas ao vivo pela Red Bull TV e WorldSurfLeague.com e Aplicativo e Canal da WSL no YouTube.

As duas etapas do WSL Big Wave 2022/2023 são patrocinadas pela TUDOR, Quiksilver, Hurley e RedBull. 

SOBRE A WORLD SURF LEAGUE: A World Surf League (WSL) promove as principais competições de surfe no planeta, coroando os campeões mundiais desde 1976, com os melhores surfistas do mundo se apresentando nas melhores ondas do mundo. A WSL é composta por uma divisão de Circuitos e Competições, que supervisiona e opera mais de 180 eventos globais a cada ano; pela WSL WaveCo, que produz as melhores ondas artificiais de alta performance; e pela WSL Studios, com produções independentes de conteúdos e projetos com e sem roteiros. Mais informações no WorldSurfLeague.com.


Divulgação por:

João Carvalho WSL

South America Media Manager                 

&

Gabriel Gontijo
WSL Latin America Communications

www.worldsurfleague.com

budkristan

Postagens Recentes

Sucesso no lançamento do livro “Entre Tombos & Tubos” de Daniks Fischer

Sucesso no lançamento do livro “Entre Tombos & Tubos” de Daniks Fischer   Amigos, familiares,…

2 dias ago

Confederação Brasileira de Surf anuncia o calendário dos Circuitos Brasileiros de 2023

Confederação Brasileira de Surf anuncia o calendário dos Circuitos Brasileiros de 2023 Foram agendados 27…

2 dias ago

Billabong Pro Pipeline começa na quarta-feira com vitórias brasileiras no Havaí

Billabong Pro Pipeline começa na quarta-feira com vitórias brasileiras no Havaí Miguel Pupo e João…

2 dias ago

Início do Billabong Pro Pipeline é adiado no domingo de ventos fortes no Havaí

Início do Billabong Pro Pipeline é adiado no domingo de ventos fortes no Havaí Prazo…

5 dias ago

Entrevista com Larissa Santos e Italo Chagas, de Ubatuba – Podcast Surfbrazukas

Entrevista com Larissa Santos e Italo Chagas, de Ubatuba Conheça o primeiro episódio Temporada 2023…

6 dias ago

Brasil vai em busca do heptacampeonato mundial no WSL Championship Tour 2023

Brasil vai em busca do heptacampeonato mundial no WSL Championship Tour 2023 Billabong Pro Pipeline…

1 semana ago

Este site utiliza cookies.